Presidente da Aduff diz que anúncio do exílio de parlamentar reflete políticas de preconceito e ódio defendidas pelo governo; sindicato reafirma defesa da luta contra os retrocessos nas liberdades democráticas