Mar
20
2020

Nota de repúdio ao editorial do jornal O Globo, de 20 de março de 2020.

Não são salários de trabalhadores que precisam ser cortados, mas sim a Emenda 95/2016 é que precisa ser revogada para garantir a ampliação dos investimentos em saúde, ciência e tecnologia, educação, assistência social e previdência, e fazer o país ultrapassar essa crise!

A diretoria da Aduff-SSind, neste momento em que os serviços e servidores públicos precisam ser valorizados e receber recursos públicos para atender a todos e a todas que serão atingidos pela Covid 19, repudia veementemente o absurdo editorial publicado na seção "Opinião do Globo" na edição do jornal desta 6a feira, 20 de março. 

O jornal defende de forma irresponsável e oportunista a rapinagem, diante de grave crise humanitária, que trabalhadores, sob o argumento siamês do governo federal "menos direitos e mais empregos", aceitem salvar os empresários e assim salvarem seus empregos, por meio da redução da jornada de trabalho e de salário. 

Repudiamos a medida do governo federal, em meio a grave crise que atingirá os mais pobres e a classe trabalhadora, que pretende salvar o capital, em detrimento dos direitos dos trabalhadores à subsistência! Repudiamos, nesse momento em que os serviços e servidores públicos se voltam para garantir a assistência necessária à população, a incitação à aprovação da PEC 186/2019 - PEC Emergencial, que reduzirá, caso aprovada, as jornadas e os salários dos servidores da União, estados e municípios em até 25%.

Em tempos de grave crise como o de agora, a História mostrou que o capitalismo sempre foi  um modelo econômico e de sociabilidade que se reorganizou - assim permanece - para se salvar em meio às crises estruturais, aprofundando a cada crise a retirada de direitos sociais e trabalhistas. Portanto, precisamos reivindicar a unidade de todos os trabalhadores e de todas as trabalhadoras, responsáveis por gerar a riqueza deste país e garantir os serviços públicos essenciais à população, para gritar a plenos pulmões que NÃO PAGAREMOS PELA CRISE DO CAPITAL! Não são salários de trabalhadores que precisam ser cortados, mas sim a Emenda 95/2016 é que precisa ser revogada para garantir a ampliação dos investimentos em saúde, ciência e tecnologia, educação, assistência social e previdência, e fazer o país ultrapassar essa crise!

#revogaEC95 

Diretoria da Aduff-SSind gestão Aduff Autônoma, Democrática e de Luta (gestão 2018-2020)

Additional Info

  • compartilhar: